18 agosto 2016

Aspomires se reúne com Deputado Da Vitória em prol do HPM

Na manhã do dia 10 de agosto, o presidente da Aspomires, Cap Raimundo, e membros da Diretoria receberam o deputado estadual Da Vitória, na sede da instituição. Nesta agenda, foi discutida a importância da liberação do aparelho para cirurgias de ouvido que se encontrava no almoxarifado da Secretaria Estadual de Saúde (SESA). Na reunião, os representantes da Aspomires solicitaram o apoio do deputado Da Vitória e trataram de outras demandas relacionadas ao hospital.

O HPM é referência em cirurgias de otorrinolaringologia, por isto recebe toda a demanda do estado. No entanto, o hospital não realiza cirurgia de ouvido pela falta do aparelho denominado Motor de Mastoidite (DRILL). “O HPM não possui o aparelho, pois não foi possível adquiri-lo na modalidade de pregão eletrônico. Tivemos o conhecimento de que o almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde contava com o equipamento”, explica Cap Raimundo. E complementa: “O aparelho estava retido por questões burocráticas. Em função deste impasse, procuramos o deputado Da Vitória, que é um grande aliado. O objetivo era que ele agilizasse o trâmite”.

O pedido levado pela Aspomires foi prontamente aceito e atendido pelo parlamentar. O deputado estadual entrou em contato com o Subsecretário de Estado da Assistência em Saúde, Fabiano Marily. No dia seguinte da reunião, Da Vitória foi à SESA, onde foi realizada a entrega do equipamento ao HPM. A Aspomires acompanhou o deputado e estava representada pelo diretor de Relações Públicas, Cap Victorino, e do diretor e adjunto da pasta de Ação Social, Cap Eliel e Sgt Cremilson. “Registramos o nosso agradecimento ao subsecretário Fabiano e, em especial, ao nosso companheiro deputado Da Vitória”, aponta Cap Raimundo.

O deputado estadual Da Vitória destaca a importância da aproximação com a Aspomires. “Fomos convidados para uma reunião na Aspomires e, de pronto, buscamos resolver a demanda apresentada. Ligamos para o Subsecretário Fabiano e, já no dia seguinte, fomos à SESA e conseguimos resolver esta pequena burocracia”, ressalta Da Vitória. E complementa:“Agora os exames e cirurgias de ouvido poderão ser realizados. É sempre uma felicidade ajudar o HPM, local onde tenho uma história, pois utilizei o banco de leite quando tive meus trigêmeos”.