15 janeiro 2014

Associação começa mais uma etapa de obras

 

A Aspomires iniciou neste mês de janeiro as obras de calçamento do segundo estacionamento da entidade. No final do último semestre de 2013, a instituição havia concluído a construção do primeiro estacionamento e as obras de paisagismo. Iluminado e com guarita, o espaço disponibilizará 80 vagas, incluindo uma vaga para ônibus, além de bicicletário. O projeto inclui áreas reservadas para idosos e portadores de deficiência, ampliando as condições de acessibilidade.

As melhorias dão continuidade ao projeto de reforma, ampliação e modernização da estrutura física da associação. Em 2012, o antigo prédio ganhou instalações amplas, funcionais e confortáveis para receber o associado e, anexo ao espaço, foi construído um cerimonial moderno para atender aos eventos sociais da região metropolitana.

Iniciada em maio de 2010, a obra deu à sede contornos que se destacam no contexto arquitetônico da cidade e marcam um tempo de renovação nas atividades da associação. O centro de eventos foi idealizado para possibilitar uma nova fonte de recursos financeiros para a entidade de modo a ampliar a assistência oferecida ao associado.

De acordo com o presidente da Comissão de Obras, coronel PM RR Carlindo Tristão Charpinel, o cerimonial destina-se a aumentar a capacidade financeira da Aspomires para ampliar os auxílios, benefícios e qualificar ainda mais a assistência jurídica e social. Antes de erguer o empreendimento, a comissão estudou o sistema financeiro por dois anos para montar o planejamento da obra de forma a não comprometer as atividades da associação.

“Quem planeja uma obra deste porte precisa se organizar, montar uma equipe qualificada e não ultrapassar os limites financeiros deste planejamento. Nós seguimos rigorosamente o projeto, respeitando a disponibilidade de recursos da entidade e buscando fornecedores e materiais de qualidade. Fomos construindo aos poucos, mas esse cuidado por quase quatro anos nos permitiu executar esta obra sem dívida”, destaca o coronel Charpinel.

Ao longo da construção, a comissão enfrentou desafios como a adequação do projeto a todas as exigências técnicas dos órgãos municipais, a necessidade de substituição de empresas fornecedoras e a busca de materiais específicos em outros mercados. “Com paciência, firmeza e demonstração de querer fazer tudo certo, temos conseguido superar cada desafio para oferecer ao associado uma instituição em que seja tratado com respeito e dignidade”, enfatiza o presidente da Comissão de Obras.