8 abril 2015

Associados da Grande Vitória participam de almoço de confraternização

Um clima de reencontro, descontração e amizade marcou o almoço dos associados da Grande Vitória no sábado (04/04), na sede da Aspomires, em Bento Ferreira. O evento, que integra a programação em comemoração aos 50 anos da Aspomires, será celebrado em outras regiões do estado, ao longo do ano, reunindo os associados que vivem no interior do Espírito Santo.

Centenas de associados prestigiaram o almoço animado com música ao vivo para todos os gostos. Os policiais e bombeiros militares da ativa e da reserva, acompanhados de familiares, foram recebidos por diretores da entidade em um ambiente preparado especialmente para acolher os convidados.

“Este é um momento importante para a associação e para os associados. Além de comemorarmos o cinquentenário, é a oportunidade de apresentarmos o que a entidade fez e vem fazendo para crescer ainda mais”, destacou o presidente da associação, capitão PM Ref Nailson Pedro Tolentino. O militar agradeceu a presença e o acolhimento de todos.

Segundo o vice-presidente da instituição, coronel BM Ref Carlindo Tristão Charpinel, o encontro resgata uma atividade realizada até o ano de 2006. “Estamos retomando o tradicional almoço que era comemorado no Dia dos Inativos. O evento marca uma nova fase de conquistas e desafios da entidade e integra a programação em comemoração aos 50 anos. Outras confraternizações acontecerão em diferentes partes do estado, contemplando também nossos associados do interior”, informa Charpinel.

Quem participou do evento foi o coronel aposentado Rubens Souza Papi. Ele ingressou na corporação no ano de 1947 e depois de dedicar mais de 30 anos às atividades policiais se aposentou no ano de 1978. Em seu tempo de atividade, atuou como delegado especializado na Grande Vitória e no interior, numa época em que os policiais militares podiam ser convocados para desempenhar funções hoje reservadas à Polícia Civil. Acompanhado de familiares, o militar saudou os 50 anos da entidade.

“A associação preenche uma grande lacuna em que o Estado deixar de atuar que é a assistência social aos militares”, comenta o coronel aposentado. Segundo ele, a confraternização é um momento de congraçamento. “Esta festa congrega ativos e inativos, praças e oficiais, nos dá a oportunidade de rever companheiros, relembrar fatos pitorescos e matar a saudade. É uma chance de retomar os laços de afetividade de classe”, celebra o associado.

Com vinte e um anos de atividades, a tenente Norma Suely dos Santos Gil pertence ao quadro de enfermeiros do Hospital da Polícia Militar (HPM). Associada da Aspomires, a militar destacou o apoio prestado pela entidade nas lutas e causas dos militares.

“A associação me socorreu várias vezes em diferentes momentos, como nas crises financeiras. Somos bem recebidos, o novo espaço da sede é confortável e a reformulação do sistema de informatização irá favorecer muito o associado que poderá fazer solicitações de serviço através da internet. A entidade é boa tanto para quem está na reserva quanto para o ativo”, destaca a tenente.

 

Fotos: Thayson Oliveira (Future Move)