7 abril 2016

Atual diretoria realizará almoço de confraternização dos associados

 

A atual diretoria da Aspomires realizará neste sábado (09/04) o tradicional almoço de confraternização dos associados. Desde o ano passado, a atividade integra a série de confraternizações para estreitar os laços de amizade, promover a boa convivência e divulgar as conquistas e desafios da instituição. A medida faz parte das ações de valorização do associado implementadas pela atual gestão cujo mandato se encerrará no dia 15 de abril.

No ano passado, a administração atual realizou encontros por regiões para facilitar o deslocamento e a participação dos associados e seus dependentes. Foram realizadas confraternizações em Vitória, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, Marataízes, Venda Nova do Imigrante, Alegre, Nova Venécia (onde também se reuniram os associados de Barra de São Francisco), São Mateus e Linhares, abrangendo as representações da entidade e os municípios do entorno de cada região.

Segundo o vice- presidente da Aspomires, coronel BM Ref Carlindo Tristão Charpinel, a associação criou uma agenda anual de encontros festivos para promover o convívio, aproximar associados, diretores e funcionários e para que todos conheçam melhor os resultados do trabalho da entidade no fortalecimento das assistências social, jurídica e financeira.

Charpinel destacou, dentre as conquistas desta gestão, a modernização e organização dos procedimentos administrativos e a ampliação dos canais de informação e comunicação com a chegada do portal do associado através do www.aspomires.com.br

O vice-presidente salientou ainda a obra de ampliação e reforma da atual sede, que possibilitou ao associado maior conforto e respeito em seu atendimento. Ele também chamou a atenção para a criação e o fortalecimento das representações em todo o estado, aproximando a instituição dos policiais e bombeiros da ativa e reserva e de seus familiares no interior do Espírito Santo. O militar destacou ainda a criação do Cerimonial Aspomires, o centro de eventos sociais e corporativos da entidade cuja renda deverá ser revertida para as ações de assistência social, conforme definição no Planejamento Estratégico.