21 março 2014

CFA começa a formar 1.000 novos soldados

Mil novos alunos iniciarão nesta segunda-feira (24/3) o Curso de Formação de Soldados (CFSd/2014), coordenado pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento (CFA) da Polícia Militar do Espírito Santo, situado em Santana, no município de Cariacica. A solenidade de abertura do curso foi realizada na manhã de sexta-feira (21/03) e contou com a presença do Governador do Estado, Renato Casagrande, do Secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), André de Albuquerque Garcia, do Subcomandante Geral da PMES, coronel Antônio Augusto da Silva e da Diretora de Ensino, Instrução e Pesquisa da instituição, coronel Josette Batista, além de outras autoridades militares e civis.

A Aspomires é uma das parceiras do órgão na formação de novos soldados. No final do ano passado, a associação patrocinou a publicação de 3 mil manuais do aluno e 3 mil hinários que serão utilizados no decorrer dos próximos dois anos nos diferentes cursos ministrados pela instituição de ensino. O manual é composto por informações sobre os direitos e deveres dos alunos e relata como funciona a estrutura e o dia-a-dia do CFA. Já o hinário reúne hinos e canções militares.

Esta parceria entre a Aspomires e o CFA vem se firmando ao longo dos anos através do patrocínio de materiais didáticos e da premiação dos alunos com melhor desempenho nos cursos. O objetivo é incentivar e contribuir com a formação de qualidade, valorizar os profissionais de segurança e estreitar a relação entre as instituições.

Com duração de seis meses, o Curso de Formação de Soldados é integrado por 36 matérias distribuídas em 920 horas de aulas teóricas e práticas. A carga horária inclui ainda estágio operacional em batalhões da Grande Vitória. A turma estuda disciplinas como Policiamento Ostensivo Geral, Defesa Pessoal Policial e Gerenciamento de Crises, dentre outras, além de matérias voltadas para o fortalecimento do estado democrático de direito como Ética e Cidadania, Abordagem Sócio Psicológica do Crime e da Violência e Direitos Humanos na atividade policial. Também são ministradas disciplinas relacionadas ao conhecimento jurídico, tais como: Direito Penal, Direito Constitucional e Direito da Infância e Juventude. Junto com o grupamento de 1000 alunos em formação, o concurso aprovou mais 600 candidatos que participarão da segunda turma de capacitação.