23 março 2013

Cristãos em todo o mundo celebram a Semana Santa

 

Foi aberta no domingo (24/03) a mais importante semana do ano litúrgico da Igreja Católica. A Semana Santa celebra os mistérios da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo, centro da fé e devoção de milhões de fieis em todo o mundo. O período marca o final de um tempo de preparação iniciado na Quarta-Feira de Cinzas e vivido pelos cristãos através de atitudes de penitência, reflexão e conversão em busca da renovação de vida.

O Domingo de Ramos (24/03) resgata a entrada de Jesus em Jerusalém. A partir deste episódio, o messias começa a completar a sua missão de salvação dos homens e das mulheres. Ao chegar ao lugar, ele foi aclamado pelo povo com ramos de árvores, assim, a Missa de Ramos é uma recordação deste momento. De segunda (25/03) a quarta-feira (27/03) são realizadas procissões, celebrações penitenciais e vias-sacras que fortalecem o sentido e a experiência de transformação individual e coletiva propostos pela Semana Santa.

Na Quinta-Feira Santa (28/03) é realizada, na parte da manhã, a Missa do Crisma. Na ocasião, ocorre a Bênção dos Santos Óleos, substância utilizada nas celebrações do Crisma, dos Enfermos e do Batismo ao longo do ano. À noite, os fieis celebram a instituição da Eucaristia (sacramento do Corpo e Sangue de Cristo) e do Sacerdócio Ministerial. É na missa noturna que acontece a cerimônia do lava-pés por meio do qual o celebrante lembra o gesto de Jesus de lavar os pés dos apóstolos em uma demonstração de humildade e serviço ao próximo. A missa da quinta também lembra o anúncio de um novo mandamento feito por Cristo: “Amai-vos uns aos outros assim como Eu vos amei”.

Silêncio, oração e reflexão inundam a Sexta-Feira Santa (29/03). Os fieis se colocam diante da cruz em atitude de recolhimento para compreender o verdadeiro significado do mistério da morte de Jesus Cristo. Neste dia, as pessoas fazem jejum e deixam de comer carne em respeito ao gesto de sacrifício oferecido pelo salvador.

Durante a manhã e a tarde de sábado (30/03), o fiel permanece em silêncio e oração diante do sepulcro do messias à espera do momento da ressurreição. Não acontecem missas, nem batizados, casamentos, ou qualquer outro tipo de celebração.

Mas, à noite, a Igreja começa a celebrar a Vigília Pascal cujo significado traz a vitória da luz da vida sobre os sinais de morte, culminando na ressurreição de Jesus Cristo, celebrada no Domingo de Páscoa (31/03). No Espírito Santo, o Domingo de Páscoa é o primeiro dia do oitavário em preparação à Festa de Nossa Senhora da Penha, padroeira do estado, também conhecida como Nossa Senhora das Alegrias. Confira a programação do Convento da Penha e da Catedral Metropolitana de Vitória para a Semana Santa.

 

 

Foto: SXC