4 abril 2015

Diretor de Assuntos Jurídicos recebe homenagem da Assembleia Legislativa

O diretor de Assuntos Jurídicos da Aspomires, o coronel PM Ref Carlos Augusto de Oliveira Ribeiro, recebeu do ex-deputado Esmael de Almeida a Medalha Alferes Tiradentes. A entrega do diploma e da medalha aconteceu em março deste ano durante reunião na sede da associação. Trata-se de uma homenagem realizada em 2014, último ano da legislatura estadual passada.

Criada pela resolução 2.543 de 2008, através de proposição do deputado estadual Da Vitória e da idealização do deputado Esmael de Almeida, a Medalha Alferes Tiradentes tem por finalidade demonstrar a gratidão do povo capixaba aos heróis policiais e bombeiros militares do estado. O nome da comenda reverencia a memória do Mártir da Inconfidência Mineira, Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, que encontrou a morte após lutar por seus ideais de Independência do Brasil. Considerado herói nacional, Tiradentes é Patrono Cívico do povo brasileiro e Patrono das Polícias Militares do Brasil.

Ao ser idealizada, conforme justificativa dos parlamentares, a homenagem teve por motivação o exemplo de amor à Pátria demonstrado pelo mártir que sonhou em ver o Brasil independente de Portugal. “Seus ideais defendidos são mantidos até os nossos dias, cabendo aos militares estaduais defender a ordem pública e manter permanente vigília para afastar quaisquer ameaças contra a liberdade de nosso povo, fortalecendo a soberania de nosso país”, ressalta o texto de criação da Medalha Alferes Tiradentes.

Diálogo e participação – Sentindo-se honrado pelo gesto do Legislativo Estadual, o coronel atribui a homenagem ao seu trabalho na defesa e na valorização do policial e do bombeiro militar, assim como da população capixaba. Segundo o militar, desde o período da ativa e mesmo depois do ingresso na inatividade, ele tem atuado de forma conjunta ao lado dos deputados estaduais no debate e na confecção de leis voltadas para o fortalecimento do policial e do bombeiro militar e da Segurança Pública.

Coronel Carlos Augusto considera fundamental a participação das associações militares no diálogo para a elaboração de leis capazes de beneficiar de modo abrangente os cidadãos do Espírito Santo. Na sua avaliação, as grandes causas em discussão na sociedade incluem a valorização salarial da categoria, o investimento em equipamentos e no ambiente de trabalho dos agentes de segurança e a melhoria das ações de policiamento, além do aprofundamento do debate sobre as competências das Polícias Militar e Civil.

Trajetória – Carlos Augusto de Oliveira Ribeiro dedicou trinta anos de sua vida à corporação militar do Espírito Santo. Exerceu o comando do 7º Batalhão de Polícia Militar, em Cariacica, do 6º Batalhão, na Serra, e foi comandante do Corpo de Bombeiros.

Formou-se oficial pela Polícia Militar de Minas Gerais, em 1969. No ano de 1983, fez o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais na Polícia Militar da Bahia e, no ano de 1990, participou do Curso Superior de Bombeiro, no Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. Possui o Certificate on Factory Visit and Technology Training, realizado em Tampere, na Finlândia, no período de 1994 a 1998. É detentor ainda do Individual Training Fire Protection At Fire Defense Agency, conquistado em 1990, em Tóquio, no Japão.

Atuou na diretoria do Clube dos Oficiais por vários mandatos. Desde 1998  pertence à Diretoria de Assuntos Jurídicos da Aspomires e vem desempenhando papel de destaque nas principais transformações ocorridas na instituição, como a ampliação e o fortalecimento da assistência jurídica prestada aos militares da ativa, da reserva e aos pensionistas de militares capixabas.