11 agosto 2015

Associados comemoram cinquentenário em Venda Nova do Imigrante

O ar puro das montanhas capixabas e o clima de amizade e reencontro embalaram a sétima confraternização em comemoração aos 50 anos da Aspomires. Associados da ativa e da reserva, acompanhados por seus familiares, participaram do encontro realizado em Venda Nova do Imigrante, no sábado (08/08). A festa foi preparada para acolher os convidados de Venda Nova do Imigrante e dos municípios de Laranja da Terra, Brejetuba, Afonso Cláudio, Ibatiba, Irupi, Ibitirama, Iúna, Muniz Freire e Conceição do Castelo.

O presidente da entidade, capitão PM Ref Nailson Pedro Tolentino, saudou os presentes e celebrou a realização de encontros no interior. Desde abril deste ano, foram realizados encontros na sede, em Vitória, e nas representações de Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, Marataízes, São Mateus e Linhares. Até o final do ano, a entidade promoverá confraternizações nas regiões de Alegre e de Nova Venécia.

Também prestigiaram o evento o presidente do Conselho Deliberativo e Fiscal (CDF), coronel PM Ref Guilherme Rodrigues dos Santos; o vice-presidente do CDF, coronel PM RR Robinson Pereira Souza; e o secretário do CDF, Tenente PM RR Jorge Luiz de Melo Barbosa. Participaram ainda o diretor de interior, coronel PM RR Adilson Silva Tolentino; e o diretor de Finanças, coronel PM Ref Ciromar Garcia. Marcaram presença funcionários de diferentes setores da instituição.

Parceria – Diversas autoridades prestigiaram o evento, entre elas, o prefeito de Venda Nova do Imigrante, Dalton Perim. Para o chefe do Executivo Municipal, a instalação de uma representação da Aspomires na região é uma conquista para a cidade. “É uma honra poder sediar um escritório de apoio aos associados. Isso muito nos ajuda na organização social do nosso município”, destaca Dalton.

Segundo o prefeito, que atualmente também preside a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), o trabalho associativo não é fácil. “Estou tendo a experiência de conduzir a Associação dos Municípios do ES. Conheço bem o ambiente, sei como é difícil, pois a gente tem que conviver com vários interesses e opiniões. Mas acima de tudo tem que prevalecer o bom-senso e a sabedoria de estabelecer uma política que possa fortalecer o segmento. Aqui a gente pode ver pela organização que a Aspomires tem conduzido isso com bastante habilidade”, comenta o prefeito.

Evolução – Em sintonia com a descentralização e a interiorização do atendimento, a Aspomires vem comemorando o cinquentenário com a implantação de um novo modelo de gestão baseado na organização, no planejamento e na informatização dos procedimentos administrativos e na ampliação e no aperfeiçoamento dos canais de comunicação com os associados.

“Esse modelo de gestão que foi preparado e aprimorado desde 2011 está se tornando uma grande realidade. A nossa associação é pioneira neste sistema integrado de gestão através do qual todas as informações são gerenciadas por meio de um sistema próprio que nos possibilita atender o associado em vários locais, em diversas frentes. Ao mesmo tempo, o associado pode acessar e acompanhar todo o andamento de seus serviços e solicitações”, comemora o coordenador do Planejamento Estratégico, coronel Adilson.

Segundo o coronel, a associação presta um grande serviço para os policiais e bombeiros militares do estado. “Temos uma equipe trabalhando neste modelo novo para chegar a esta evolução da entidade. Esse foi um trabalho muito longo de quatro a cinco anos. Agora podemos abrir mais portas para novos convênios e para outras situações de ajuda e apoio social ao nosso associado”, destaca Adilson Tolentino.

Reconhecimento – Mineiro de Muriaé e residente no Espírito Santo há 25 anos, o cabo Patrick Passon de Oliveira tem 18 anos de corporação. O militar destaca o empenho da entidade na expansão dos serviços prestados aos associados. “O dinheiro está bem aplicado de maneira honesta, com prestação de contas. Isso é muito bom”, salienta.

Associado há 15 anos, ele ainda comenta: “Eu me associei à entidade pela credibilidade que a Aspomires transmite, pela responsabilidade com os associados. A associação está sempre presente, então, isso foi o que me motivou a procurar uma associação séria que pudesse corresponder às expectativas, que estivesse realmente voltada para o associado, sabendo as necessidades e acompanhando o dia-a-dia”.

Vindo de Irupi, o sargento Jocimar de Oliveira viajou 90 quilômetros para participar da confraternização ao lado da esposa, dos dois filhos e do sobrinho. Com 26 anos de corporação e associado há 20 anos, o militar acompanhou o desenvolvimento tecnológico e gerencial da entidade.

“A Aspomires se tornou mais moderna, acompanhando a evolução dos tempos. Esse evento já é um exemplo disso: a regionalização da própria associação, que está indo mais para o interior, ampliando esta representatividade. Existe muito mais facilidade para usufruir dos benefícios oferecidos pela associação”, exemplifica o sargento.

Na reserva desde o ano de 2008, o sargento Pedro Coaioto, também levou a família para o encontro. “Sou associado há 20 anos. É importante estar associado devido ao suporte que a Aspomires nos dá na caminhada da vida militar desde o atendimento dos advogados até outras necessidades”, conta o militar.

Fotos: Fábio Machado