Aspomires debate futuro do HPM com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa
18 dezembro 2017

Luta da Aspomires tem uma primeira vitória: o HPM será reestruturado

Aspomires através de sua diretoria lutou pela causa

Desde quando assumiu a Presidência, a Administração Cap Raimundo tem dialogado com o Legislativo e Executivo, a fim de conquistar melhorias para o Hospital da Polícia Militar – HPM. Em setembro de 2016, a Aspomires recebeu a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para discutir os rumos do HPM e mobilizar os envolvidos para uma reestruturação do hospital. E, o Comandante Geral Nylton Rodrigues R. Filho, nesta última quinta-feira (14), anunciou sobre a reestruturação do HPM, esta batalha teve a primeira vitória. O Governo assinou o termo de cooperação técnica para a reformulação do hospital. Este termo foi formalizado entre a Secretaria de Segurança Pública – Sesp – e a Secretaria de Estado de Saúde – Sesa.

Um dos objetivos deste termo é ampliar a capacidade de atendimentos em até quatro vezes, passando para 8 mil consultas por mês. Além disto, está previsto o aumento de especialidades, incluindo neurologia e nutrição. De acordo com a Sesa, as consultas no ambulatório serão exclusivas para os militares e seus familiares. O HPM tem uso compartilhado com o SUS e o Estado utiliza uma parte da infraestrutura para atendimentos do Hospital Infantil.

Entre as novidades, destacam-se também a ampliação do horário de funcionamento, que será de 7h às 22h. O termo prevê, ainda em janeiro, a construção do pronto socorro do HPM, que terá atendimento 24h e vai contar com três leitos de UTI. Outra reformulação contida no documento é relativa ao sistema de marcação de consultas médicas e odontológicas, que antes eram realizadas somente por telefone e passarão a ser feitas online, por e-mail e aplicativo de WhatsApp.

Outra inovação é a criação de um centro de diagnósticos por imagem, que permitirá a realização de exames de raio-x digital, ultrassonografia, tomografia, entre outros. Com toda esta reformulação, o Governo vai contratar mais profissionais da área de saúde. Na última semana, foi publicado edital para 33 vagas, sendo 26 médicos, entre estes psiquiatras.

Apesar de não ter a data de início confirmada pelo Governo do Estado, o vice-presidente da Aspomires, Cap Juscelio comemora. “Agora sim! Nossa diretoria buscou, incansavelmente, esta vitória junto às autoridades competentes. Realizamos visitas à Assembleia Legislativa, mantivemos contato direto pessoal com os deputados membros da Comissão de Saúde Estadual”, aponta o vice-presidente. E complementa: “Em setembro do ano passado, o Conselho Diretor da Aspomires reuniu-se com a Comissão de Saúde da ALES. E, naquele momento, deu-se o primeiro passo nesta busca que, hoje, prazerosamente, a Administração Cap Raimundo traz ao conhecimento de todos. Este importante anúncio do Exmº Sr. Governador Paulo Hartung, que vai garantir o atendimento digno aos nossos Militares PM/BM e seus dependentes”.