26 março 2021

Policiais militares da Cavalaria participam de Estágio em Escola de Equitação do Exército no RJ

A Polícia Militar do Espírito Santo enviou dois militares para participarem do Estágio de Casqueamento e Ferrageamento de Equinos, na Escola de Equitação do Exército, localizada no Rio de Janeiro: o cabo Leandro Ceolin Melo e o soldado David Rodrigues dos Santos, ambos lotados no Regimento de Polícia Montada – RPMont.

A capacitação, que acontece no período de 22 a 26 de março, tem por objetivo dotar os militares quanto às técnicas utilizadas no Exército Brasileiro a fim de possibilitar o emprego dos cavalos em ambiente urbano, já que o casqueamento consiste em um procedimento feito nos cascos dos equinos, empregado como forma de tratamento e\ou manutenção, prevenindo e curando doenças que possam acometer o animal.

Já o ferrageamento é a aplicação de uma lâmina de ferro, ferradura, presa por meio de cravos, na borda da parede do casco, com o objetivo de proteger, curar ou corrigir o aprumo do pé dos equinos.

O estágio conta com diversas disciplinas, como anatomia biomecânica do casco, patologias digitais, casqueamento e ferrageamento visando o balanceamento ideal,  modificações de ferradura industrial utilizando a forja para confecção de ferraduras, dentre outras. Esses conhecimentos são de suma importância para dar qualidade de vida ao animal, pois um semovente com lesão nas suas patas inviabiliza o seu emprego, podendo, inclusive, causar danos irreversíveis a sua saúde.

Para o comandante do RPMont, o tenente-coronel Giuliano Menegatti, essa capacitação é imprescindível à vida de uma Cavalaria, pois é através da aplicação da técnica correta que possibilita o emprego do semovente em ações de controle de distúrbio civil, no policiamento ostensivo montado e em outros processos e modalidades realizadas pelo RPMont.

Saiba mais

O Estágio de Casqueamento e Ferrageamento de Equinos é oferecido pela Escola de Equitação do Exército – EsEqEx, localizado na cidade do Rio de Janeiro-RJ, e tem duração de uma semana. A 1º Ten EB Thaiza, médica veterinária de carreira do Exército, encontra-se à frente do estágio, coordenando os instrutores militares e civis que foram chamados para contribuírem com a formação dos mais novos ferrageadores.

A capacitação é destinada para soldados, cabos e sargentos, e conta com disciplinas tais como anatomia biomecânica, patologias digitais, casqueamento etc e possuí um forte viés prático, sendo que o estágio conta com um dia de instrução teórica e quatro dias de instruções práticas.

No último dia efetivo de instruções, os estagiários realizam uma prova teórica e uma prática, denominando sua classificação e encerrando com chave de ouro este período de aprendizagem.

 

Fonte: Polícia Militar do Estado do Espírito Santo

 

 

 

 
 
 
 

Acesse o nosso site, diariamente com informações atualizadas: clique aqui, http://ww.aspomires.com.br