22 agosto 2012

Soldado brasileiro, o combatente da paz e da cidadania

 

O país comemora no próximo sábado o Dia do Soldado.  A data é uma homenagem ao Patrono do Exército Brasileiro, Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, que nasceu no dia 25 de agosto em 1803, na Vila de Porto Estrela, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Quase 209 anos do nascimento do marechal, o soldado brasileiro, representado tanto pelas Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), quanto pelas forças auxiliares (Policias Militares), deve ser celebrado como um grande combatente da paz, seja nos quarteis ou nas ruas, na luta pela garantia do direito à segurança de todas as pessoas, de acordo com a reflexão do diretor de Relações Públicas e Ação Social da Aspomires, o Cel PM RR José Maria Leite.

Para o diretor, a disciplina, a honra, a dedicação à pátria, a organização, a solidariedade, a coragem, a perseverança permanecem como qualidades fundamentais ao soldado, não importa o posto ou graduação. Mas ao trabalhador da segurança também são exigidos ainda o senso de coletividade, de cidadania, ética e responsabilidade, diante dos desafios sociais tanto na cidade quanto no campo. Da mesma forma, para o coronel, a data lembra o grande desafio da sociedade de valorizar esse trabalhador na missão de defender a boa convivência e o respeito entre os cidadãos no cotidiano das comunidades.

Programação

Para marcar a data, a Polícia Militar do Espírito Santo realizará uma solenidade na sexta-feira (24/08), no Centro de Formação e Aperfeiçoamento (CFA), situado no bairro Santana, em Cariacica. A corporação homenageará seu destaque operacional no primeiro semestre de 2012 e realizará um desfile militar. O evento contará com a presença do comandante geral, coronel Ronalt Willian de Oliveira, além de outras autoridades civis e militares.