8 abril 2013

Vacinação contra a gripe começa no dia 15 de abril

 

Os meses mais frios do ano contribuem para o aumento do risco de contrair doenças do sistema respiratório como resfriados e gripes. Para prevenir e reduzir os casos graves, as internações e as mortes provocadas pela enfermidade, o Ministério da Saúde realizará de 15 a 26 de abril a 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe.

Serão vacinados os seguintes grupos prioritários: pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade e profissionais de saúde. Além destes grupos, os doentes crônicos terão acesso ampliado a todos os postos de saúde e não somente aos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIEs). Pessoas com doenças cardíacas, pulmonares, obesos, transplantados renais ou que tenham alguma doença crônica associada devem procurar o posto e apresentar a prescrição médica no ato da vacinação.

Hoje, o público-alvo representa aproximadamente 39,2 milhões de pessoas. A meta é vacinar 80% do total, ou seja, cerca de 31,3 milhões de brasileiros. Ao todo serão montados 65 mil postos de vacinação por todo o país, reunindo esforços de órgãos federais, estaduais e municipais de saúde.

O Governo Federal distribuirá cerca de 43 milhões de doses da vacina para  proteger contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). De acordo com estudos, a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% do número de hospitalizações por pneumonias e de 39 a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Mas as pessoas devem fortalecer o organismo através da alimentação saudável para ajudar a prevenir doenças como a gripe. Dentre inúmeras medidas educativas de prevenção contra a enfermidade estão ainda lavar as mãos várias vezes ao dia e evitar contato com pessoas doentes e aglomerações.