19 março 2015

Vitória (ES) sedia Eneme pela segunda vez

Oficiais militares de várias partes do país participarão do XIV Encontro Nacional de Entidades Representativas de Oficiais Militares Estaduais (Eneme), em Vitória, no Espírito Santo, nos dias 08, 09 e 10 de abril de 2015. Esta é a segunda vez que a capital capixaba sedia o evento. A décima edição foi realizada no estado no ano de 2010. Este ano, a atividade faz parte da programação em comemoração aos 50 anos de associação.

O décimo quarto encontro é resultado da parceria entre a Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme) e a Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar e Pensionistas de Militares do Estado do Espírito Santo (Aspomires).

Inaugurado em 2004, o evento tem por objetivo principal congregar as entidades de oficiais militares estaduais para o fortalecimento da união, da solidariedade e da defesa dos interesses coletivos dos representados da ativa, da reserva ou reformados e pensionistas de policiais militares e bombeiros militares.

O encontro reúne as principais lideranças associativas nacionais para analisar e debater a perspectiva das instituições militares estaduais frente às propostas constitucionais em trâmite no Congresso Nacional e o atual quadro político e social brasileiro. Desta forma, o evento prepara uma pauta de ações conjuntas que apontem soluções concretas e coerentes às expectativas da sociedade brasileira. A ideia é dar consistência à atuação das entidades de classes por meio de uma ação política unificada, propositiva e pragmática.

 

Histórico – O X Encontro Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Eneme) foi realizado de 09 a 11 de agosto de 2010, no Hotel Ilha do Boi, em Vitória, no Espírito Santo, contando com a presença de oficiais militares de várias partes do país, entre eles, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Piauí, Rondônia, além de participantes do Distrito Federal. Estiveram presentes ainda autoridades estaduais e nacionais dos Poderes Executivo e Judiciário, convidados e familiares dos militares.

O evento contou com a realização da Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e Pensionistas de Militares do Estado do Espírito Santo (Aspomires), da Associação dos Oficiais Militares do Espírito Santo (Assomes) e da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme).

Pela primeira vez, o estado capixaba sediou o encontro, organizado sempre em uma unidade federativa diferente. A programação incluiu palestras, debates, assembleias e momentos de confraternização. Os objetivos gerais consistiram em fortalecer as lutas coletivas dos militares e discutir temas ligados ao cotidiano da Segurança Pública.

Naquela edição, os participantes tiveram ainda o compromisso de discutir uma diretriz nacional que congregasse as aspirações dos militares brasileiros. Ao final, os participantes da Assembleia da Feneme produziram um documento, intitulado Carta de Vitória, integrado por seis propostas de ações para o desenvolvimento da Segurança Pública. Na época, às vésperas das eleições 2010, o documento foi entregue aos presidenciáveis e revelou as principais aspirações dos oficiais militares em relação a uma política nacional de segurança.