12 julho 2014

Banco de Leite do HPM completa 25 anos

 

Amamentar é um dos primeiros gestos de cuidado e atenção da mãe com o filho. O leite materno constitui o principal alimento necessário ao crescimento saudável e ao desenvolvimento psicossocial da criança até os seis meses de idade. Mas nem todas as mulheres conseguem amamentar, por isso, há 25 anos, o Banco de Leite Humano do Hospital da Polícia Militar (HPM-ES) mantém um serviço de apoio para orientar as mamães sobre aleitamento e para dar às crianças internadas nas unidades de tratamento intensivo a chance de receber o leite materno que chega através das doadoras.

A unidade realiza, aproximadamente, 13 mil atendimentos por ano. De segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, mamães e papais podem procurar o banco para obter informações sobre como a mulher deve se preparar para amamentar e como resolver os principais problemas enfrentados durante o aleitamento, como o ingurgitamento mamário e a mastite.

Uma das principais atividades da unidade é a pasteurização do leite materno doado por mulheres que produzem leite em excesso e se disponibilizam a doar para ajudar os bebês internados nos hospitais. Um representante do banco se desloca até a casa da doadora para fazer a coleta. De volta ao hospital, os profissionais do banco selecionam, classificam, processam, controlam a qualidade e distribuem o leite materno para os centros intensivos infantis.

Há 20 anos, a capitão PM Vera Lúcia Berto auxilia as famílias nesta importante tarefa em conjunto com uma equipe integrada por especialistas das áreas da enfermagem e da medicina, entre outros profissionais.

“Completar 25 anos representa um bem muito grande. É gratificante perceber o quanto o serviço já ajudou às mamães de cada pedacinho deste estado. O bom deste trabalho é poder ver o resultado do serviço de imediato na satisfação da mãe e da criança. O banco é uma sementinha que plantamos e cresceu”, destaca Vera Lúcia, formada em Enfermagem, responsável por coordenar a unidade. O Banco de Leite Humano do Hospital da Polícia Militar (HPM-ES) foi inaugurado em 10 de julho de 1989.

 

Quem pode ser doadora de leite humano

 A doadora deve apresentar excesso de leite, ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente.

Como preparar o frasco para coletar o leite humano?

– Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese;
– Retire o rótulo e o papelão que fica sob a tampa e lave com água e sabão, enxaguando bem;
– Em seguida coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos (conte o tempo a partir do início da fervura);
– Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo;
– Deixe escorrer a água do frasco e da tampa. Não enxugue;
– Você poderá usar quando estiver seco. 

Como se preparar para retirar o leite humano (ordenhar)?

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias. Ao retirar o leite é importante que a doadora siga algumas orientações que fazem parte da garantia de qualidade do leite humano distribuído aos bebês hospitalizados:

1- Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais;
2- Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço;
3- Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca;
4- Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa.

Como retirar o leite humano (ordenhar)?

Comece fazendo massagem suave e circular nas mamas. Massageie as mamas com as polpas dos dedos, começando na aréola (parte escura da mama) e, de forma circular, abrangendo toda mama.

É ideal que o leite seja retirado de forma manual:

– Primeiro coloque os dedos polegar e indicador no local onde começa a aréola (parte escura da mama);
– Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;
– Comprima suavemente um dedo contra o outro, repetindo esse movimento várias vezes até o leite começar a sair;
– Despreze os primeiros jatos ou gotas e inicie a coleta no frasco.

Se estiver com dificuldade de retirar seu leite, procure apoio no Banco de Leite Humano mais próximo.

Como guardar o leite retirado para doação?

O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer. Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado e ao terminar acrescente este leite no frasco que está no freezer ou congelador. O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.

O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês internados em unidades neonatais.

Fale com o Banco de Leite do HPM

Segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas

Endereço: Avenida Jouberte de Barros, 555

Bento Ferreira, Vitória (ES)

Telefone: (27) 3636-6568.

 

Fonte: Banco de Leite Humano do Hospital da Polícia Militar (HPM)