14 setembro 2020

Boletim Especial do Comando Geral regulamenta a abertura dos processos seletivos para CAS e CHS. Já, o CPOE inicia curso inédito no ES

Uma excelente notícia para os militares capixabas foi publicado no Boletim Especial (nº 027) que visa regulamentar a abertura dos processos seletivos para o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) e o Curso de Habilitação de Sargentos (CHS).

Os militares estaduais interessados em participar dos processos seletivos deverão encaminhar suas respectivas inscrições entre os dias 21 de setembro a 02 de outubro.

O número de vagas e sua distribuição entre os quadros de sargentos constam nas publicações, podendo sofrer alterações. No caso do CHS, as vagas serão contabilizadas até a publicação do resultado final do certame.

Inscrições

Deverão ser realizadas nas P/1s das respectivas unidades na qual estiver lotado o militar interessado, ou no setor de pessoal correspondente, através do Sistema de Gestão da Polícia Militar (SGPM).

No caso de militares agregados ou à disposição, a inscrição deverá ser realizada na OME a que estiver vinculado.

“Através desta etapa profissional é possível melhorar os serviços prestados pela PMES à sociedade, bem como aumentar a qualidade de vida de nossos policiais que vislumbram alcançar novas promoções” disse o Comandante-Geral, coronel Douglas Caus.

Comando de Polícia Ostensiva Especializado (CPOE)

Já o CPOE já retomou seus treinamentos para aprimorar suas tropas especiais, mantendo elevadas a moral e a técnica, características fundamentais para obtenção do sucesso nas ações.

No Regimento de Polícia Montada (RPMont), além dos treinamentos semanais a que passam os policiais militares cavalarianos, foram autorizados 2 cursos pela Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP) para aprimorar a força da Cavalaria e a Gestão dessa importante Unidade que possui o cavalo como protagonista.

Curso inédito – Gestão de Cavalaria 

É uma inovação na PMES, inclusive no cenário nacional e visa qualificar majores da Instituição para o comandamento do RPMont. No curso, esses oficiais superiores terão contato com o mundo equestre, as potencialidades e limitações do policiamento ostensivo montado, conhecerão a legislação que norteia o sistema de manutenção de equinos e trata da inclusão de equinos na carga da PMES pela aquisição, doação ou reprodução, assim como da descarga pelo óbito ou inservibilidade, aprenderão as técnicas e práticas para o correto emprego do policial a cavalo e receberão todas as demais informações sobre como gerir uma Unidade Hipo. 

Regimento de Polícia Montada (RPMont) inicia treinamento

Segundo o Cel Pimenta, sua gestão a frente do Comandamento do CPOE baseia-se no seguinte tripé pé: motivação e valorização pessoal e profissional de sua oficialidade e de sua tropa; qualificação e capacitação profissional constante e intervenção policial qualificada em locais conflagrados com alto índice de criminalidade, sendo certo que o consequente resultado deste somatório de parâmetros é a prestação de um serviço de segurança e paz social bem mais efetivo à sociedade capixaba, com um melhor e mais sólido assessoramento as necessidades do Comando Geral da Instituição, diante das inúmeras demandas operacionais da PMES.

Dentro do eixo qualificação e capacitação profissional constante segundo o Cel Pimenta encontra-se ainda em fase final de tramitação o Curso de Patrulhamento em Áreas de Alto Risco(CPAAR), da CIMesp, e em fase inicial de tramitação o Curso de Cinotecnia, da CIOC.

 

 

Fonte: Polícia Militar do Estado do Espírito Santo

 

 

 

Publicação da Diretoria de Relações Públicas – Aspomires

Cap PM RR Andréa de Oliveira Silva
Diretora de Relações Públicas